Calma aí, que a gente já tá indo pra casa <3

O vídeo é antigo, mas não dá pra se cansar de assistir. Uma das minhas bandas preferidas não sou indie, sai fora fazendo um cover de uma das músicas mais bonitas do R&B. Como não amar?
Melhor coisa pra esse domingão preguiçoso <3

Gente e o Alex Turner sem guitarra todo reboloso com essas perninhas secas e esse topetão? ALGUÉM ME ABANA QUE DEU CALOR! <3

Just hold on, We’re going home

Arctic Monkeys (cover)

I got my eyes on you
You’re everything that I see
I want your hot love and emotion endlessly
I can’t get over you
You left your mark on me
I want your high love and emotion endlessly

‘Cause you’re a good girl and you know it
You act so different around me
‘Cause you’re a good girl and you know it
I know exactly who you could be

Just hold on, we’re going home
Just hold on, we’re going home
It’s hard to do these things alone
Just hold on, we’re going home

Quem ama toca aqui o==O==o
Se você conhece um cover bacanudo da sua banda preferida? Manda pra mim!
Beijo <3

Rock The Blues Away – AC/DC

Mas essa semana está caprichadinha nos lançamentos!!

O AC/DC lançou, no começo da semana, o clipe do segundo single do Rock or Bust (que eles lançaram em dezembro de 2014, já vendeu mais de 2,8 milhões de cópias e está apenas DO CARALHO desculpa).

O vídeo foi dirigido por David Mallet e mostra a banda de um jeito que a gente não está acostumado a ver, num show pequeno, intimista, pouca gente, sem super palcos e sem super produções, e eu amei. O público pirando, muita gente vestida com o ‘uniforme escolar’ característico do AC/DC. Meus informantes google confirmam que o show foi no Dragonfly Bar, em Los Angeles.
A banda conta com Chris Slade na bateria (substituindo Phil Rudd) e Steve Young na guitarra, substituindo o querido Malcolm Young, que está afastado porque está doente </3.

Leia Mais

Lady Of The Stone

Que? É isso mesmo? Eu li certo?

Tenho certeza que você ficou todo animadinho com o título, né? Na expectativa pela Lady Stoneheart!

Mas a Lady de Pedra que eu venho apresentar pra vocês, é outra!

Não faz essa cara de desapontamento, não!

É a Lady of The Stone, videoclip fresquíssimo do projeto novo de Matt Sorum, o Matt Sorum’s Fierce Joy.

Lady Of The Stone é a 5ª faixa do álbum de estréia, Stratosphere. Depois daquele hard rock pesado das bandas em que Matt foi baterista, esse novo projeto tem uma pegada mais intimista, acústica, e Matt assume os vocais e guitarras. Pois é, achei incrível! E não é que o cara leva jeito?

O line up do Matt Sorum’s Fierce Joy conta com músicos pouco conhecidos, mas de grande competência como Randy Ray Mitchell (guitarras), Paul III (baixo), Damon Fox (teclados), Brian McCloud (bateria), Scott Breadman (percussão), Cameron Stone (violoncelo) e Lili Haydn (violino).

A banda tem uma pegada meio Bowie, meio Pink Floyd, bem puxada na calma, tranquilidade, quase pop rock.

Stratosphere

E aí, curtiram?

Logo mais eu faço um review bacanudo do álbum inteiro pra vocês, ok? A internet aqui está super tensa, por isso que os posts estão demorando pra sair – mas confiem em mim, que vai dar tudo certo.

Beijo <3

 

 

The Negative One ~ Música inédita do Slipknot

O Slipknot liberou ontem, no site oficial deles (vem ver AQUI), uma música novinha e inédita, seis anos depois do All Hope Is Gone. A canção é um marco para os fãs, que achavam que a banda não se recuperaria da terrível perda do baixista (e compositor) Paul Gray, que faleceu em 2010, adicionada a saída do baterista Joey Jordison, no ano passado.

A fofoca no underground vem falando que o Donnie Steel, ex-guitarrista das primeiras formações do Slipknot, estaria tocando baixo com eles de novo, mas a banda ainda não confirmou nenhum nome pras substituições oficiais.

Ainda não há data de lançamento oficial para o álbum, mas Corey afirmou que deve ser ainda para esse semestre.

“Há algo muito vital com o que estamos tentando fazer. Há algo de muito visceral nessas emoções com as quais estamos lidando e na história que queremos contar, que é de uma banda que foi ao inferno, mas voltou. É bem recompensador.”

Corey Taylor, para o site Loudwire

A música lembra muito a época de Subliminal Verses, pesada, perturbada, falando sobre alguém mal, do mal, de drogas. Enfim. Aquele Slipknot que a gente sempre curtiu, né? Achei a bateria visivelmente diferente, mas num sentido bom da coisa. Não acho mesmo que tenha perdido qualidade, nem nada.

Vamos esperar pra ver mais do álbum, né?

“The Lord of lies, the morning star. You had to be set free, opposing sides.
Your choices are the negative one in me!”

O Senhor das Mentiras, o sol da manhã. Você tem que ser libertado, lados opostos. Suas escolhas são as negativas em mim.

Curtiram?

Eu adorei. Tô ansiosamente aguardando sair no Spotify.

Assim que sair, eu linko aqui pra vocês.

Beijo <3

 

Videoclip novinho de Final Masquerade do Linkin Park!

O Linkin Park divulgou essa semana o videoclip da canção Final Masquerade, que é a sétima faixa (e terceiro single) do sexto álbum de estúdio – The Hunting Party. O single foi lançado dia 08 de junho e o clip dia 29 de julho.

Final Masquerade

A faixa foi produzida por Mike Shinoda e Brad Delson e o videoclip pelo sensacional Mark Pellington.

A música fala sobre uma desilusão amorosa, e o clip tem apocalipse, é quase tudo em preto e branco, tem anjos caídos, bebês chorando. Um caos cheio de fumaça, sangue, gente morrendo. Chester suando e gritando, guitarras caindo. Enfim, todos os elementos que compõem um bom videoclip de new metal.

Eu sou uma das que não tem nenhum mimimi sobre a nova fase do Linkin Park, continuo gostando bastante. O refrão bem hard rock me faz feliz <3

“The light on the horizon was brighter yesterday with shadows floating over, the scars begin to fade. We said it was forever but then it slipped away… Standing at the end of the final masquerade!

– A luz no horizonte foi mais brilhante ontem, com as sombras flutuando, as cicatrizes começam a sumir. Dissemos que era para sempre, mas em seguida, escapuliu… Diante da farsa final!

Curtiram?

Achei pesado, macabro. Super sombrio.

Beijo <3