A Livraria 24 horas do Mr. Penumbra – Robin Sloan #resenha

Título: A Livraria 24 horas do Mr. Penumbra
Autor: Robin Sloan
Ano da edição: 2013
Ano de publicação: 2012
Páginas: 288
Editora: Novo Conceito

Não há imortalidade que não seja construída sobre amizade e trabalho feito com cuidado. Todos os segredos do mundo que vale a pena conhecer estão se escondendo à vista.

Unbroken Spine

Clay Jannon é designer mas está desempregado e precisou aceitar um emprego no turno da noite em uma livraria 24 horas. Após demonstrar suas habilidades em subir escadas e responder uma entrevista de emprego com apenas uma pergunta: “qual seu livro preferido?“, eu já ia ficar agarrada aqui, porque decidir de sopetão seria praticamente impossível, eu teria que listar uns 10,  o dono, Mr. Penumbra – um velhinho perspicaz, magricela, e bastante nerd o contrata sob três condições:

  1. Ele tem que estar na livraria de 22h às 6h – não pode se atrasar, não pode sair mais cedo;
  2. Ele não pode pesquisar, folhear, muito menos retirar nenhum livro da livraria;
  3. Ele tem que anotar detalhadamente o aspecto de cada cliente e o tipo de livro que eles requisitaram, bem como suas roupas, a hora que apareceram, seu humor e o que disseram.

Bad_Rain_Livraria_24_Horasl_thumbnail

Jannon obviamente percebe mais que rápido que esta livraria não é como as outras, ela é dividida em duas lojas: uma normal, na frente, que vende desde Dashiel Hammet até Douglas Adams, cartões postais e coisas comuns; e a outra loja, na parte dos fundos, em estante de alturas intermináveis, composta de títulos que não existem nem no próprio Google. Claro que ele resolve investigar!

Ele acaba descobrindo que essa biblioteca misteriosa foi fundada e  é frequentada por um grupo de estudiosos chamado Unbroken Spine, que tem mais de 500 anos, e esses membros estão trabalhando duro para solucionar um mistério – o Código do Criador. Que Jannon e sua namorada – que trabalha no Google – conseguem descobrir em uma semana, usando algo imperdoável: um código de computador.

A busca por mais respostas leva Jannon e seus amigos de São Francisco até Nova York, e depois pra Nevada, e ao longo do caminho um outro mistério acaba aparecendo. E com isso, Sloan traz pra nós a grande questão do livro: um grupo de viciados em tecnologia pode resolver um mistério que amantes de livros estão tentando resolver há mais de 500 anos?

A Livraria 24 horas do Mr. Penumbra

Muito interessante a história, o plot e a construção dos personagens. Como eu havia dito no vídeo de Lidos de Julho/2016, é um romance delicioso para nerds de computadores e tecnologia. É uma obra bem escrita e envolvente, atual e moderna, que habilmente navega por perguntas sobre questões de tecnologias novas e antigas, de uma maneira que agrada aos que gostam de impressos e também aos que preferem e-readers. O grupo old school, defendendo que recursos digitais são destrutivos contra o grupo high-tech, que defende que não há nada que a internet não possa fazer melhor e mais rápido – mais o Mr. Penumbra, um nerd de tecnologia, e amante de livros, tentando fazer o meio de campo. Me senti representada! <3

Bad_Rain_Livraria_24_Horas_2_capa_thumbnail

No desenvolvimento da história, a qualquer obstáculo que possa aparecer, um dos amigos de Jannon tem a solução. Oliver é arqueólogo, Mat mexe com maquetes e efeitos visuais, Kat trabalha no Google e tem acesso ilimitado a todos os locais e recursos, Neel é milionário e tem amigos ou contatos no mundo todo, pra ontem. Entendo isso como um bom recurso, que sublinha o ponto que Sloan quer ressaltar: que a tecnologia não tem valor sem amizade. Porém, a credibilidade da história fica ligeiramente comprometida porque fica muito fácil resolver as coisas.

Mas tantos favores se passaram entre nós agora que não são mais distinguíveis como atos individuais, só um halo reluzente de lealdade. Nossa amizade é uma nebulosa.

Sloan escreve de maneira muito sarcástica e engraçada, faz com que nos apaixonemos pelos personagens, muda de plot várias vezes durante da história, de modo que há quests dentro de quests – como num bom enredo de RPG. Há uma dose generosa da boa e velha especulação: Existe mesmo uma fórmula para a imortalidade?  Há o famigerado duelo: livros físicos x livros digitais – o que eu acho um desperdício de tempo discutir, porque não entendo o motivo de não tirar proveito de todos os tipos.

Eu tenho um [Kindle], e o uso na maioria das noites. Sempre imagino os livros olhando e sussurrando: Traidor! Mas isso é bobagem. Tenho um monte de primeiros capítulos grátis para ler. Meu Kindle foi presente do meu pai, um dos modelos originais, uma superfície inclinada e assimétrica com uma pequena tela cinzenta e um teclado com teclas inclinadas. Parece um objeto de cena de 2001 – Uma Odisseia no Espaço.

Bad_Rain_Livraria_24_Horas_contracapa_thumbnail

Mesmo com uma conclusão por si só satisfatória, Sloan fecha com um epílogo que amarra todas as pontas soltas, não deixando muito espaço pra imaginação. Eu gosto disso, visto que a moda atual é deixar tudo sem explicação, sempre com margem pra uma continuação, uma segunda temporada, ou na esperança de que os fãs se engalfinhem em teorias diferentes sobre o final.

O desfecho do Mr. Penumbra, dos amigos do Jannon e o que foi feito afinal da livraria e dos membros da Unbroken Spine foi bastante bom. Mas não curti o que acontece entre Jannon e Kat – para que fosse um tipo nerd de mulher nerd-fatal e independente, acho que Sloan a escreveu ligeiramente abusiva e egoísta. E colocar o final daquele jeito, faz com que Jannon fique sempre com cara de paspalho. Não curti.

Mas de resto, eu recomendo MUITO. Bons momentos de diversão, e muito boas risadas!

Nota

4-estrelas

Onde Comprar

E vocês já leram? O que acharam?

Se vocês já tiverem resenhado esse livro, posta o link aqui nos comentários para que eu visite! E se não, me conta aqui nos comentários o que você achou ou se pretende ler! A sua opinião é muito importante para mim!

Beijo <3

comments