Antes de Watchmen – Coruja (Nite Owl)

Before Watchmen

Before Watchmen é uma série de quadrinhos apenas mais que sensacional contando a história individual dos personagens de Watchmen, antes (e às vezes depois) de se envolverem na história central. Começou a ser publicado no EUA em 2012 pela DC Comics, e no Brasil em 2013.
O Coruja foi criado pelos INACREDITÁVEIS mitos Alan Moore e Dave Gibbons, inspirado no Besouro Azul da Fox Feature Syndicate.

A publicação foi concebida por um dream team dos quadrinhos: J. Michael Straczynski nos roteiros, e Andy e Joe Kubert na arte, já que o criador do próprio Coruja, Alan Moore, foi convidado para desenvolver este novo projeto, mas acabou recusando a proposta da editora.

FICHA TÉCNICA
Antes de Watchmen 1: Coruja (Before Watchmen: Nite Owl)
Páginas: 108
Capa: cartão
Lombada quadrada
Valor: R$ 12,90
Distribuição: nacional

A boa notícia: dá pra comprar clicando aqui (CLICA LOGO, CARA!)

Eu sou um pouco suspeita pra falar sobre essa série, e por isso mesmo, vou falar primeiro sobre ela. Watchmen, e o universo que Alan Moore criou, é, na minha humilde opinião, a crème de la crème do que existe em matéria de quadrinho pra adultos. A arte é incompleta, obscura, pesada. Os temas são polêmicos, tem muito sangue, muita porradaria, tem sexo e nudez.
Então, vamos ao que interessa!

O Coruja

A primeira publicação dessa nova série de quadrinhos foi sobre nosso amigo noturno.
O primeiro coruja foi Hollis Mason, que é um ex policial e começa sua carreira inspirado por um MinuteMen, o Justiça Encapuzada. Destinado a combater o crime usando uma máscara de Coruja e equipamentos super tecnológicos, assume a identidade do pássaro noturno de 1939 a 1962, quando se aposenta e deixa a herança do Coruja para o jovem Daniel Dreiberg.

Daniel Dreiberg é nosso queridíssimo nerd e problemático com mulheres, único amigo de Rorschach, tímido, e bondoso. Talvez seja o mais “heróico” – no sentido comum da palavra – de todos os Watchmen, muito justo e nunca mata. É filho de um pai violento e abusivo, sofre bullying na escola, quando criança, o que o levou a idolatrar o Coruja original -Hollis Mason.
Quando tem 17 anos, descobre a identidade de Mason, e depois que seu pai morre começa a treinar com ele para ser ser possível parceiro. Assume a identidade quando Hollis decide se aposentar.
Desenha, constrói e opera um veículo voador, em formato de coruja que chama de Arquimedes (ou Archie).
É encontrado pelo mascarado e perturbado Rorschach e formam uma dupla pra combater o crime.
Não tem superpoderes, mas é inteligente e tem habilidades de detetive, como rastreamento e investigação, além de ser excelente engenheiro, projetando e construindo armas variadas pra sua nave, além de equipamentos para o combate, como óculos de visão noturna, bombas e etc.

Nessa HQ temos 4 histórias principais:
1) Não existe mais almoço de graça – Retratando a infância e as motivações de Dan, como se inspirou em Hollis Mason, como se conheceram, treinaram e como ele o substituiu. Além de encontrar com Rorschach e seguirem com sua parceria.
2) Existem coisas que não dá pra evitar – Coruja e Rorschach investigam casos, e se deparam com a belíssima e ruivíssima Dama do Crepúsculo (contém cenas de sacanagem, sado-maso, gente pelada, e etc!!).
3) Trepar por aí – A relação de Dan e da Dama do Crepúsculo fica HOT, cheia de cenas impróprias, e ela os ajuda a resolver um crime serial. Além de Rorschach frequentando uma igreja, o que é apenas impagável.
4) De um pássaro noturno para outro – O Coruja e a Dama do Crepúsculo se arriscam e combatem o chefão pra salvar Rorschach.

O Coruja

Espero que tenham gostado!
Beijos <3

comments