Antes de Watchmen – Espectral

Hoje é a poderosíssima Laurie Júpiter que vem mostrar um pouco de sua história, na continuação dos reviews sobre os quadrinhos de Antes de Watchmen: a segunda Espectral (ou originalmente Silk Spectre). A personagem foi criada por Alan Moore e Dave Gibbons, baseada na Nightshade, da Charlton Comics, em meados de 1986.

Se você quer saber mais sobre a primeira edição da série: O Coruja.

A primeira Espectral foi a dançarina e garçonete Sally Júpiter, que começou a combater o crime aos 18 anos de idade, se tornando sex symbol. Depois de ter se afastado da ação de justiceira, fez pontas em filmes, tentou ser modelo, e posou para revistas masculinas. Foi casada com seu agente –  Laurence Schexnayder, e teve uma filha Laurel Jane (que suspeitava não ser filha de Laurence) a quem tentava forçar seu estilo de vida de combatente do crime.

A história de Antes de Watchmen – Espectral começa daí, uma mãe saudosa com o passado, super protetora, que tenta fazer da pequena Laurie uma nova heroína.

Before Watchmen

Os responsáveis pelo roteiro foram Darwyn Cooke e Amanda Conner, que também fez os desenhos. Paul Mounts foi o colorista. E o que podemos esperar da revista, em matéria de arte? É bastante diferente da primeira edição. Muito mais colorido, mais alegre, mais leve. Laurie Júpiter é uma adolescente descobrindo a vida em San Francisco, na época dos hippies, e as cores e traços do HQ refletem perfeitamente bem a história e a data em que estava inserida.

FICHA TÉCNICA

Antes de Watchmen 2: Espectral (Before Watchmen: Silk Spectre 2)
Páginas: 104
Capa: Cartão
Lombada quadrada
Valor: R$ 12,90
Distribuição: Nacional

A boa notícia, vocês já sabem: dá pra comprar clicando aqui (E está com uma promoção im-per-dí-vel!

Espectral briga2

Sally Júpiter é uma combatente do crime aposentada, ex-modelo, ex-atriz, e ex-arrasa corações, que está divorciada, e passou sua vida tendo problemas com os homens. Tem uma filha adolescente, a quem tenta ensinar técnicas de defesa pessoal e de luta, e que faz de tudo pra que se afaste dos rapazes.

Laurie Júpiter aparece pra nós nessa fase, sufocada pela mãe, sendo obrigada a treinar, não podendo socializar com os homens ou com amigas, sofre bullying na escola por causa do passado meio nebuloso da mãe, e se descontrola depois de um episódio envolvendo o gibi meio erótico de Sally.
Foge de casa com seu ‘namorado’ e vai morar com uns hippies em San Francisco, que acabam se tornando muito bons amigos. Nessa aventura longe de casa, Laurie tenta se afastar de tudo o que a mãe representa, passa por umas viagens de LSD super loucura, mas percebe que a mãe plantou uma fagulha nela, da qual ela não podia se desvencilhar – a de fazer o bem, e salvar as pessoas.
Quando seu namorado e seus amigos se metem numa confusão bem grande, envolvendo drogas, Owsley Stanley (que foi o químico responsável por fabricar LSD pra ser consumido em larga escala) e um grande plano de manipulação mental consumista, Laurie mergulha de cabeça no quebra-quebra, buscando por justiça.
Espectral Rorschach e Coruja

Nessa HQ temos 4 histórias principais:

1) Querendo dizer adeus – Retratando a infância e as dificuldades de Laurie de lidar com a mãe, o bullying na escola, o namorado Greg, e como esse turbilhão de sentimentos adolescentes acrescido da pressão e cobrança da mãe fazem com que ela fuja de casa.

2) Caindo no mundo – Laurie ouve uma discussão de uns bandidos e decide intervir, manda fazer novas roupas de Espectral e vai a luta, bate muito em homem e em mulheres. Um de seus amigos usa drogas e vai pro hospital, e Laurie começa a conectar as histórias, buscando por um responsável.

3) Não é ilusão – Laurie toma ácido, e boa parte dessa trama é a bad trip louca de tudo que ela vivencia. Seu namorado consegue uma overdose, e vai pro hospital, e ela decide então, enfrentar o chefão das drogas, numa cena que não dá pra acreditar, em que o cara aparece com o membro de fora, de verdade! Sally fica preocupada com a filha e manda Hollis Mason pra saber dela. E o Comediante faz uma participação mais que especial na história.

4) O fim do arco-íris – Greg abandona Laurie, que toma medidas drásticas pra neutralizar o chefão do crime. Hollis Mason finalmente a encontra, e eles voltam pra casa. Laurie e Sally se mudam pra New York, e Laurie finalmente conhece o que viria a ser os Vigilantes.

Espectral Manhatan
Gostaram? Já leram? Acharam melhor que o do Coruja?

Beijos <3

comments