Tag – Livros opostos

Esse negócio de TAG me deixou viciada mesmo! Futicando por essa internet grande de meu Deus, vi que a Manie do Pe-dri-nha postou uma TAG desafiadora e sensacional! A TAG foi criada pelo Bruno do Minha Estante, e consiste em 10 quesitos em que você deve responder com dois livros opostos.

Antes de tudo: vocês já se inscreveram no sorteio de aniversário do blog? Os prêmios são incríveis: box com os 5 volumes de As Crônicas de Gelo e Fogo, box com os 5 volumes de O Guia do Mochileiro das Galáxias e box com os 3 volumes de Jogos Vorazes! Você não pode perder!! Clica AQUI pra saber mais e participar!

Livros Opostos

Eu demorei quase um mês pra conseguir responder, ainda mais que eu não faço vídeo ainda, então, além de ter que lembrar do livro, preciso apresentá-lo para que aqueles que não o conhecem não pode mais falar resenha, que os donos da internet estão de mimimi com resenha que demonstra opinião, possam conhecer um pouquinho, pelo menos a essência da trama. E eu fico cheia de carinho e cuidado, pra não repetir os livros das últimas TAG’s nem usar clichês o tempo todo. Ou seja, uma trabalheira danada, mas aquela trabalheira gostosa, fortalecedora, e a recompensa é mais que demais!

1. Último livro comprado – Primeiro da sua coleção

Livros Opostos

Último Comprado

O Clube do Livro do Fim da Vida – Will Schwalbe
Páginas: 296 páginas
Editora: Objetiva
Ano da edição: 2013
Bem, esse não foi o meu último livro comprado, mas da minha última compra pro Kindle, esse foi o último que eu li (terminei ontem, a propósito). Eu gostei muito da história e fiquei muito emocionada mas não gostei muito do jeito do Will escrever – achei meio apelativo e repetitivo, além de ter deixado algumas lacunas que eu gostaria que fossem preenchidas.

Primeiro da Coleção

Dom Casmurro – Machado de Assis
Páginas: 128 páginas
Editora: Ciranda Cultural
Ano da edição: 2000
Super clássico! Esse livro foi o primeiro que eu comprei na vida, uma edição bem feinha que achei numa loja de R$1,99 que na época, infelizmente, era o que eu podia gastar. E economizei cada moedinha pra poder comprar este, e os outros da coleção. Ainda o tenho, porque sou apegada! Não me julguem!

2. Um que você pagou barato – Um que pagou caro

Livros Opostos

Livro Barato

O Natal de Poirot – Agatha Christie
Páginas: 224
Editora: Nova Fronteira
Ano da edição: 2009
Esse livro foi baratérrimo porque eu comprei num box da Agatha Christie com 5 volumes, na Black Friday, há uns 2 anos. Cada livro saiu por menos de R$ 5, e a edição é bem boa, com capa grossa e tudo. E eu escolhi esse livro porque ele meio que me despertou novamente pra leitura – que eu tinha deixado um pouco de lado.

Livro Caro

Dissipada – Marya Hornbacher
Páginas: 348
Editora: Record
Ano da edição: 2006
Li esse livro há um tempão atrás, quando ainda não tinha (eu, pelo menos, não tinha) como baixar online e pra gente ler um livro tinha que comprar ou pegar emprestado. E eu não tinha grana pra comprar livros caros, muito menos mais de R$ 60 num único livro. Mas eu queria demais, então juntei dinheiro do troco do almoço por meses, pra conseguir comprar esse livro. Entrou novamente na minha lista, porque preciso reler muito urgentemente.

3. Livro com protagonista homem – Com protagonista mulher

Livros Opostos

Protagonista Homem

A Dama do Lago – Raymond Chandler
Páginas: 272
Editora: L&PM Pocket
Ano: 2009
Um romance policial maravilhoso, engraçado e cínico. O personagem principal é o Phillip Marlowe, um detetive particular meio kamikaze, cheio de princípios e de desvios de caráter também. Uma delícia de ler. Tô no terceiro livro da saga do Marlowe já (O Longo Adeus – mas ainda não terminei).

Protagonista Mulher

Corpo de Delito – Patricia Cornwell
Páginas: 296
Editora: Paralela
Ano da edição: 2013
Já que eu tô nessa vibe de romances policiais com muita emoção e muito perigo, aqui vai um sensacional!! E a personagem principal é a Kay Scarpetta, que é médica legista e ajuda o delegado (que é meio lento) a resolver os mistérios e crimes. Muito legal, e Kay é badass.

4. Livro que leu bem rápido – Demorou pra ler

Livros Opostos

Livro rápido

Odd e Os Gigantes de Gelo – Neil Gaiman
Páginas: 128
Editora: Rocco
Ano da edição: 2011
Ah, Shepps, Gaiman de novo? Desculpa, gente! Mas é que eu tô vivendo esse momento e tô lendo MUITOS livros dele, de verdade. Não posso evitar, eu tô apaixonada pela escrita dele e pelas histórias que ele cria. Essa fábula eu li em menos de 2h, e conta a história de Odin, Thor e Loki que acabam na terra presos em corpos de animais por causa de uma traquinagem do Loki. Uma delicinha.

Livro demorado

As Aventuras de Sherlock Holmes – Sir Arthur Conan Doyle
Páginas: 416
Editora: Zahar
Ano da edição: 2011
Esse livro é uma coletânea de 9 contos escritos na voz do Watson sobre casos resolvidos pelo nosso querido Sherlock, mas que são curtinhos para virar livros. Eu demorei muito pra ler porque foi o primeiro livro que li no meu Kindle, então ainda estava me adaptando e aprendendo como funciona melhor pra mim. Mas é muito bom!

5. Com capa bonita – Com capa feia

Livros Opostos

Capa bonita

Slash – Slash e Anthony Bozza
Páginas: 446 páginas
Editora: Ediouro
Ano da edição: 2008
Amo! Tenho livros com capas lindas, mas essa é top de linha! Pra quem não sabe, eu sou apaixonada no Slash desde menina, e super fã de carteirinha (inclusive o nome do blog é uma música dele!).  Tem muitas fotos, que são a coisa mais linda. E a história, é das mais malucas. Não dá MESMO pra saber se é tudo verdade, e se tem como sobreviver a uma vida tão maluca.

Capa feia

O Dia em Que Matei Meu pai – Mario Sabino
Páginas: 221
Editora: Record
Ano: 2004
Esse é um livro que eu não sei se gostei até hoje. É intenso, pesado, e psicologicamente perturbador. É intenso. Não tem outra palavra! E eu não consegui gostar dessa arte na capa de jeito nenhum.

6. Um livro brasileiro – Um livro internacional

Livros Opostos

Livro Brasileiro

Como Ter Uma Vida Normal Sendo Louca – Camila Fremder e Jana Rosa
Páginas: 208
Editora: Agir
Ano da edição: 2013
Uma comédia!! Chorei de rir. Esse foi o último livro escrito por um (ou umas, no caso) brasileiro que eu li. Leve, engraçado, com situações cotidianas que nos deixam de cabelo em pé. E elas oferecem soluções malucas e impossíveis, que mesmo não sendo viáveis, no fundo, no fundo, é aquilo que a gente quer fazer!

Livro Internacional

Morte Súbita – J. K. Rowling
Páginas: 501
Editora: Nova Fronteira
Ano da edição: 2012
Primeiro livro da J. K. Rowling depois do Harry Potter, e eu li que decepcionou muita gente porque não tem magia, não tem feitiço, não tem nada disso. É a crueza da vida real e pobre, e as dificuldades de uma vizinhança pequena e mexeriqueira. Eu tive um caso de amor com esse livro, e assisti até a série. Muito legal! Se você quiser ver a série, clica AQUI.

7. Um livro mais fino – Um mais grosso

Livros opostos

Livro Fino

O Diabo – Leon Tolstói
Páginas: 64
Editora: L&PM Pocket
Esse livrinho é a edição especial, com capa reilustrada do famoso conto de Leon Tolstói – O Diabo. E só tem 64 páginas, então, numa ‘sentada’ dá pra ler tudinho! Muito bem escrito e envolvente. É profundo e emocionalmente devastador.

Livro Grosso

Um Bestseller Pra Chamar de Meu – Marian Keyes
Páginas: 742
Editora: Bertrand Brasil
Ano da edição: 2012
Nesse livro, que não é sobre a família Walsh, Marian conta a história de três mulheres: Jojo, Lily e Gemma, que tem suas vidas entrelaçadas ao longo da trama.

8. Um livro de ficção – Um de não ficção

Livros Opostos

Livro de Ficção

Entremundos – Neil Gaiman e Michael Reaves
Páginas: 248 páginas
Editora: Rocco
Ano da edição: 2014
Esse livro era pra ser um roteiro pra uma série de televisão que não foi aceito, então Gaiman e Reaves decidiram colocar em forma de prosa e oferecê-lo como livro. E deu super certo! No começo é um pouco confuso, mas melhora e fica uma delícia!

Livro de Não-Ficção

Minha Breve História – Stephen Hawking
Páginas: 144
Editora: Intrínseca
Ano da edição: 2013
Como eu tinha explicado no post das Leituras de Março, esse livro eu li porque queria saber mais sobre a vida e o trabalho do Stephen Hawking depois do filme Teoria de Tudo. E esse livro cumpre o papel, porque quem escreve é o próprio.

9. Um livro meloso – Um livro de ação

Livros opostos

Livro Meloso

A Mulher do Viajante no Tempo – Audrey Nieffenegger
Páginas: 453
Editora: Suma de Letras
Ano da edição: 2009
Esse eu dei uma agarrada porque faz um bom tempo que não leio livro meloso. Nem foi intencional… É que estou numa vibe de livros policiais e do Gaiman, que nem tenho dedicado tempo aos livros de amor. Mas esse aqui, não tem jeito: vai estar em toda TAG, e é o livro de amor mais lindo desses últimos anos. <3 <3

Livro de ação

Seis Túmulos Para Munique – Mario Puzo
Páginas: 192
Editora: Record
Ano da edição: 2012
Esse é bom!! Um thriller de ler numa jorrada só, pra não desperdiçar tempo importante! Hahaha. Super bacana! Não dá pra não recomendar Mario Puzo, né?

10. Um livro que te deixou feliz – Um que te deixou triste

Livros opostos

Livro alegre

O Oceano No Fim do Caminho – Neil Gaiman
Páginas: 184
Editora: Presença
Ano da edição: 2014
Ninguém aguenta mais Gaiman, vira o disco! Gente, que livro mais lindo! Uma história deliciosa, e apaixonante. Assim que terminei de ler, voltei no começo, e li outra vez. Vale muito a pena. De deixar leve o coração.

Livro triste

As Virgens Suicidas – Jeffrey Eugenides
Páginas: 232
Editora: Companhia das Letras
Ano da edição: 2013
Triste e depressivo. Mas muito boa a história! O autor é um mestre. A escrita é incrível, e ele amarra a história muito bem. A gente já sabe o final, mas fica ávido pra saber dos eventos que vão conduzir aquelas meninas ao triste final. Deixa um oco dentro do peito, mas é ótimo!

O que vocês acharam?
Já leram algum destes? Gostaram?
Mudariam alguma resposta?
Beijo <3

comments