Something old, Something New…

Something borrowed, Something blue!

Não, calma! Ninguém aqui vai casar!

Estava aqui revendo episódios antigos de Doctor Who – enquanto a temporada nova não vem – e cheguei na season finale da 5ª temporada “The Big Bang”: dia em que a Amy vai se casar com o Rory, só que ela está se esquecendo do Doutor, e de repente ele aparece de fraque e tudo, e dá tudo certo no final. E a frase mais marcante e decisiva pro episódio:

Something old, something new, something borrowed, something blue!

Nessa vibe, por que não criar uma playlist foderosa nesse tema? Desafiador, né?

Então lá vai:

Something old

O desafio aqui é encontrar três músicas deliciosas e não hypadas de mais de 50 anos atrás!

1 – You Belong To Me – The Duprees (1962)

2 – Mr. Tambourine Man – Bob Dylan (1965) nem dá pra dizer a quantidade de amor envolvido!

3 – Puppy Love – Paul Anka (1960)

Something new

Aqui, a missão é encontrar três músicas sensacionais lançadas há menos de dois meses.

4 – Cupid Carries a Gun – Marilyn Manson gente, que álbum novo é esse? Tô amando cada segundo!

5 – Aerial Love – Daniel Johns sim, sim, é exatamente quem você está pensando, ex-vocalista do Silverchair

6 – Gold – Imagine Dragons

Something borrowed

Nessa sessão, uns covers dos bons, que arrasam e arriscam ser melhores que os originais!

7 – Hurt – Johnny Cash (2002) > Originalmente gravada pelo Nine Inch Nails (1994) que poderia muito bem estar nas ‘something blue’ porque o sofrimento aqui é abundante…

8 – I Put A Spell On You – Annie Lennox (2014) > Originalmente gravada pelo Screamin’ Jay Hawkings (1956)

9 – The Man Who Sold The World – Nirvana (1994) > Originalmente gravada pelo Bob Dylan (1970) com todo o respeito do mundo, com o Nirvana ficou infinitamente melhor, desculpa, Dylan!

Something blue

Vai parecer fácil, mas é o maior desafio dessa playlist: encontrar as três músicas não hypadas mais tristes de todas. Muito choro foi envolvido nessa pesquisa.

10 – Everybody Hurts – R.E.M. (1992)

11 – Hurt – Christina Aguilera (2006) não torçam o nariz, eu prometo que não é galhofa, não sejam preconceituosos

12 – Forgive Me – City and Colour (2008)

E aí, gostaram?
A playlist inteira, dá pra conferir aqui:

Faltou alguma? Tem alguma sugestão?

Deixa sua sugestão nos comentários ou no meu twitter que a gente monta a versão 2 dessa playlist!
Beijo <3

comments