Desafio Cinéfilo | CONCLUSÃO

Oi, gente! <3

Hoje eu tô aqui pra contar pra vocês como foi esse Desafio Cinéfilo.

No começo, pensamos, caramba! 12 filmes em pouco mais de 30 dias vai ser moleza. Depois, com todas as nossas viagens e passeios e bebedeiras, ficou apertado e quase perdemos a esperança. Aí, sentamos, decidimos sacrificar nossa meta de leitura (graças a Odin a minha estava bem adiantada aleluia! e a de Parzi também faltava pouco) e dar um belo gás nos filmes.

Como que a gente fez? Escrevemos uma lista, numeramos de 1 a 12 inicialmente – pra cumprir primeiro os quesitos – e fomos sorteando tanto pelo random quanto por dados comuns, quanto no jokenpô (porque a gente realmente é maduro nesse nível!). Então, eu tô escrevendo aqui uma pequena crítica de cada um deles, na ordem em que assistimos. Vamos lá?

Desafio Cinéfilo

Vanilla Sky

Foi o primeiro sorteado, sendo a escolha do Parzi para o quesito Um Remake. Estrelando Tom Cruise praticamente neném, esse filme é de 2001, dirigido por Cameron Crowe e é um remake de um filme espanhol de 1997 chamado Abre los Ojos. Eu não sabia nada sobre o filme, e juro que pensei que fosse algo de ação (meio Missão Impossível, meio No Limite do Amanhã). Não é. Não tem nada a ver. Está mais pra uma mistura de Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças (chaaato) com Inception (sensacional). É um drama que conta a história de um cara rico e metido que tem tudo e encontra a mulher de seus sonhos. Mas tudo começa a dar errado quando ele bate de carro e fica desfigurado.

Não gostei. Achei chato, lento. Achei que as tentativas de quebrar sua cabeça com uma trama beeem maluca tipo Nolan foram forçadas e não me convenceram. As duas personagens femininas são fracas e até caricatas na chatice. O final então! Um plot twist MUITO mal apresentado, que tenta te convencer na base do grito. Não gostei mesmo. Próximo!

O Pequeno Príncipe

Essa foi a minha escolha para o quesito Um Filme que você já Viu no Cinema. Essa animação é uma adaptação da famosíssima e imortal obra do escritor, ilustrador e aviador francês Antoine de Saint-Exupéry, publicada em 1943. Realizado por Mark Osborne, é de 2015, eu fui ver logo na estreia e me acabei de chorar. Logicamente que eu assistindo de novo, me acabei de chorar mais uma vez.

Além de mostrar uma animação linda demais – muito bem feita, em stop motion, parecendo papel marché, delicado, sensível, sensacional – da história clássica, traz uma versão contemporânea entre um velho aviador que não quer caber num mundo adulto, e uma menininha que foi adultizada por sua mãe pra ter um bom futuro. Mostra muito delicadamente a busca de cada um pelo seu próprio príncipezinho, que é sua motivação para permanecer com a mente sempre jovem, sua crença na inocência e na bondade e seu apego e respeito aos bons amigos. Triste e doce ao mesmo tempo. Uma delícia!

Entrevista com o Vampiro

O clássico de Anne Rice foi a escolha do Parzi para o quesito Uma Adaptação de um Livro Muito Famoso. Novamente temos Tom Curise muito neném e Brad Pitt também neném estrelando dois vampiros: Lestat e Louis. Se passa em New Orleans e conta os dilemas e diversões de ser um vampiro.

Quesitos do Parzi

1) Um Filme Original Netflix

Shepps: Okja
Parzi: The Fundamentals of Caring

2) Um Remake

Shepps: Insônia
Parzi:

3) Um Filme que você já Viu no Cinema

Shepps:
Parzi: Rogue One

Quesitos da Shepps

4) Um Filme Dirigido por Mulher

Shepps: O Estranho que nós Amamos (Sofia Coppola)
Parzi: Monster

5) Um Filme Vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro

Shepps: Tudo Sobre a Minha Mãe (2000)
Parzi: Amor (2013)

6) Uma Adaptação de um Livro Muito Famoso

Shepps: Bonequinha de Luxo (Truman Capote)
Parzi:  (Anne Rice)

 

comments

Conta pra mim o que você achou: